Serviço Florestal Brasileiro - SFB

Licitantes apresentam proposta de preço para julgamento (ver anexos)

  • Última atualização em Segunda, 28 de Novembro de 2016, 17h12

A Comissão Especial de Licitação (CEL) analisou as propostas de preço das duas cooperativas e da microempresa habilitadas para concorrerem à concessão de 210 mil hectares da Floresta Nacional (Flona) do Amana. A sessão ocorreu no dia 26 de abril de 2010.

Na proposta de preço, o candidato deve indicar quanto pagará pelo metro cúbico de madeira. O edital de concessão estipula um preço mínimo de acordo com os grupos de espécies encontrados no local da concessão. A proposta de preço pode alcançar até 400 pontos dos 1000 pontos que podem ser obtidos na concorrência.

Resultado
As melhores propostas apresentadas para cada UMF foram:

UMFLicitanteÁgio*
I Cooperativa dos Produtores Extrativistas do Rio Pindobal (Coopexbal) 37,45%
II Cooperativa Extrativista e Agroindustrial da Amazônia (Coopex Amazônia) 65,18%
III Microempresa Irmãos Schweickert 69,43%
IV Cooperativa dos Produtores Extrativistas do Rio Pindobal (Coopexbal) 30,62%
V Cooperativa Extrativista e Agroindustrial da Amazônia (Coopex Amazônia) 36,05%

   *Aumento percentual em relação ao preço do edital

Os licitantes tem prazo de cinco dias úteis para contestar o resultado, a partir da publicação do extrato da sessão no Diário Oficial da União.

Documentos referentes à sessão:
  pdf Data de abertura das propostas de preço (55 KB)
  archive Ata de julgamento da proposta de preço (3.20 MB)